Medianeras

Filme argentino "Medianeras" 2011.

Filme argentino “Medianeras” 2011.

Medianeras se desenvolve em torno de dois personagens solitários e que, cada um a sua maneira, sofrem com suas angústias e fobias particulares. Ao que tudo indica – e esse é o pano de fundo do filme – tais sofrimentos são em muito provocados pela arquitetura da cidade e em especial dos lugares onde cada um dos personagens vive.

“estou convencido de que as separações, os divórcios, a violência familiar, o excesso de canais a cabo, a falta de comunicação, a falta de desejo, a apatia, a depressão, o suicídio, as neuroses, os ataques de pânico, a obesidade, as contraturas, a inseguridade, a hipocondria, o estresse e o sedentarismo são responsabilidade dos arquitetos e da construção civil. Destes males, salvo o suicídio, padeço de todos”

O filme já começa com uma afirmação muito forte, talvez até forte demais para uma cidade tão bela e viva como Buenos Aires, mas a sensação que se tem é que o filme consegue abordar de uma forma leve um tema sério, dando contornos pessoais a uma cidade impessoal (grandes cidades em geral).

cena do filme "Medianeras"

cena do filme “Medianeras”

Medianeras é o nome dado às fachadas sem janelas dos edifícios, as nossas empenas cegas, e é através de janelas ilegalmente abertas nessas paredes, que os personagens esperam por uma vida um pouco melhor, com um pouco mais de sol e de horizonte.

cena do filme "Medianeras"

cena do filme “Medianeras”

A essa reflexão sobre a cidade e sobre a vida contemporânea nos grandes centros se soma o sutil questionamento quanto ao papel de outra janela que nos direciona para um mundo cada vez mais virtual e que cada vez mais nos consome.

É um filmaço. Quem não viu veja.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: